Eu bem queria meu Deus…

mar

Me lanço ao mar.
Sinto o vento tocar meu rosto,
a água subir pelo corpo, 
conforme avanço contra as ondas.
O sol na pele, o suor, o rubor.
O calor transborda,
até a água me abraçar.
Sempre quando estou no mar,
eu me torno natureza.
Me torno beleza
Me torno parte do azul do teu olhar.

Bárbara Bedani

Anúncios